Rubrica

4 sintomas que indicam um alto nível de stress

- publicidade -

Acordar cedo de manhã, preparar os filhos para a escola, chegar ao trabalho para cumprir com as responsabilidades laborais, voltar em casa e ajudar as crianças com as tarefas, fazer compras no supermercado, preparar a janta, lavar a louça, ir dormir. Esta é a rotina cotidiana de muitas pessoas.

Embora pareça fácil se acostumar com este estilo de vida, depois de um tempo de ter que lidar com tanta pressão e atividades, o nível de estresse aumenta e o corpo começa a reclamar através de diferentes sintomas.

Para relaxar muitas pessoas decidem sair a caminhar, tomar um banho, tentar a sorte na Betano, escutar música ou simplesmente assistir televisão. Independente do método escolhido para diminuir a tensão, é importante reconhecer os indícios que provam que existe um problema.

O que é o stress?

Consiste em uma reação do organismo a diferentes situações com as quais a pessoa tem dificuldade de lidar. Nem sempre o estresse é ruim.  É um instinto de sobrevivência que libera adrenalina no sangue para que o cérebro responda de forma enérgica e o corpo esteja preparado para resolver certas questões.

O problema começa quando este estado de alerta é constante devido à quantidade de inconvenientes que a pessoa deve resolver em diferentes âmbitos como o trabalho, o estudo e os relacionamentos.

Sintomas que indicam a presença de stress

Assim como acontece com outras doenças, reconhecer os sintomas que marcam um alto nível de estresse ajuda a tomar decisões para poder diminuir o sofrimento. Quando isto acontece é fundamental procurar um profissional da saúde que possa indicar o tratamento adequado.

Tensão muscular

Embora atinja o corpo todo, as áreas mais afetadas pelas tensões musculares costumam ser o pescoço e os ombros, pois é aí onde se deposita toda a pressão das responsabilidades cotidianas.

O exercício físico e o alongamento podem ajudar a diminuir a dor e a sensação de desconforto.

Ranger de dentes

A tensão também alcança a região maxilar. É habitual que as pessoas que sofrem estresse sofram de bruxismo, condição que leva ao desgaste da dentição.

Diante desta situação é fundamental consultar com um odontologista para que ofereça orientação sobre os passos a seguir para solucionar o problema.

Mudanças no apetite

O estresse pode levar a que a pessoa perca seu apetite por completo e passe muitas horas sem ingerir nenhum alimento. Quando isto acontece, o peso corporal diminui drasticamente.

Também pode acontecer o contrário: ao estarem estressadas algumas pessoas procuram atividades que lhe proporcionam um pouco de prazer. Uma delas é comer.

Além disso, o aumento do nível do cortisol, conhecido como o hormônio do estresse, leva ao corpo a poupar mais energia e, em consequência, a acumular mais gordura.

- publicidade -

Dores de cabeça

Este é um dos sintomas mais frequentes do estresse. A dor se produz pela contração dos vasos sanguíneos da cabeça que faz que o sangue diminua e a tensão aumente.

A maioria das vezes as dores de cabeça estão acompanhadas de irritabilidade e sensibilidade à luz e a sons muito fortes. Diante desta situação é importante consultar um neurologista para que investigue a origem da dor e indique o tratamento adequado.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo