Covid-19

Ljubomir Stanisic volta à luta em frente ao parlamento, depois de hospitalizado

- publicidade -

O chef Ljubomir Stanisic voltou ao protesto em frente ao parlamento, depois de ter recebido tratamentos no hospital Santa Maria e de ter dormido apenas três horas.

Ljubomir Stanisic não resistiu a seis dias de greve de fome e o corpo reagiu: “Aquilo que os médicos me explicaram é que não é brincadeira nenhuma fazer uma greve de fome”.”Tive uma quebra grande de glicemia. Estava muito baixa mesmo, e senti tonturas e muita fraqueza.”

A Direção-Geral de Saúde foi quem chamou a urgência médica através do INEM: “Veio aqui porque, se não me engano, a Direção-Geral da Saúde é que pediu para nos acompanharem, a partir de ontem, para virem cá, e os dois médicos que estavam aqui acharam, e bem, que deveria dirigir-me de imediato para o hospital.”

A alta hospitalar só foi possível com assinatura de termo de responsabilidade, porque a luta é uma causa maior: “Embora estejamos todos a correr riscos graves, porque isto não é de brincar e eu sou pai de família, tenho os meus filhos, voltei para aqui para continuar a minha luta”, relata à TSF.

Reveja o debate com os candidatos à CM Moita

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo