Parceiros
DestaqueMoita

Presidente da Câmara da Moita solicita fiscalização a anterior mandato da CDU

O presidente da Câmara Municipal da Moita, Carlos Albino (PS), enviou ontem à Polícia Judiciária, à Direção-Geral das Autarquias Locais, à Procuradoria Geral da República e ao Tribunal de Contas, um pedido de fiscalização onde elenca um conjunto de irregularidades relativas aos anteriores mandatos a cargo da CDU.

Segundo o comunicado enviado ao Diário do Distrito, «informações veiculadas pelo programa da TVI ‘A Hora da Verdade’, a 29 de outubro de 2021, onde se deu a conhecer, entre outros assuntos, os gastos dos autarcas depois de perderem as eleições, suscitaram dúvidas sobre a gestão do anterior executivo e levaram os novos órgãos a recorrer à Inspeção Geral das Finanças no início de novembro».


Na nota é ainda referido que «depois da tomada de posse a 19 de outubro último, o novo executivo camarário detetou, no decorrer do normal funcionamento da autarquia procedimentos, nomeadamente no âmbito da contratação pública e dos recursos humanos, que considera constituir irregularidades, tendo agora enviado uma comunicação às entidades competentes onde elenca todos esses fatos.»

Esta posição de Carlos Albino já havia sido transmitida aos eleitos durante a reunião camarária de 30 de Dezembro, conforme o Diário do Distrito noticiou na altura.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.