Palmela

Jornadas sobre cerâmica árabe já começaram em Palmela

- publicidade -

As Jornadas Internacionais ‘Terra, Pedras e Cacos do Garb al-Andalus’ já tiveram início em Palmela e vão decorrer até sábado no Cine-Teatro S. João e na Biblioteca Municipal, organizadas pelo Grupo GIGA (Cerâmica Islâmica do Garb al-Andaluz) e pela Câmara Municipal.

Na abertura que teve lugar esta manhã, antes do início dos trabalhos, Susana Gómez, directora do Campo Arqueológico de Mértola agradeceu o esforço de colaboração da autarquia palmelense na organização nas Jornadas.

Apresentou seguidamente o GIGA “que este ano completa 12 anos de existência e conta precisamente com 12 elementos, a maior parte mulheres. Somos sobretudo um grupo de amigos que se reúne no estudo da cerâmica islâmica, e que se formou legalmente como uma secção do Campo de Arqueologia de Mértola”.

Acerca das Jornadas deixou o aviso “de que serão muito extensas e até exaustivas, mas completas, e também uma oportunidade para a partilha de ideias e de descobertas”.

Na sua intervenção Álvaro Amaro destacou a importância “para Palmela deste tipo de eventos que fazemos questão de manter no nosso plano de trabalho” e referiu várias outras iniciativas do género, como as Jornadas das Ordens Militares que têm decorrido no concelho.

“É um trabalho contínuo que aqui procuramos desenvolver no campo da História, que no caso das Ordens Militares levou à criação de um Centro de Estudos internacionais da Ordem de Santiago.

Em boa hora a Câmara Municipal e o Campo Arqueológico de Mertóla decidiram unir esforços para receber estas jornadas, e quero também agradecer aos parceiros com quem temos trabalhado.”

O edil relembrou depois os vestígios históricos já encontrados em Palmela, “de vestígios de ocupação humana e com relevância até no panorama nacional, encontrados desde o casco urbano antigo até mais recentemente na encosta sul do castelo, mercê da obra de consolidação que a Câmara Municipal está a levar a cabo.

Por fim, desejo que as jornadas sejam profícuas e que os seus participantes aproveitem também para conhecer melhor o que Palmela tem para oferecer quer a nível histórico quer também gastronómico.”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui