AtualidadeÉvora

GNR deteve mulher em Mora por não respeitar confinamento obrigatório

Uma mulher de 68 anos foi detida pela GNR por desrespeito do confinamento devido ao covi19

publicidade

A GNR deteve esta terça-feira em Mora uma mulher de 68 anos, residente na vila, por desrespeitar o confinamento obrigatório.

O presidente da Câmara Municipal de Mora, Luís Simão Duarte, já havia referido no comunicado diário a ocorrência de um desrespeito sinalizado pela GNR de Évora, que registou um total de 12 ocorrências, segundo o sargento-ajudante Carlos Galindro, tendo a mulher sido «apanhada em flagrante delito».

De acordo com a GNR à Rádio Elvas, a mulher «optou opor se ausentar do seu domicílio, tendo sido identificada, encaminhada para a sua residência e os factos comunicados ao Tribunal Judicial de Évora».

Esta detenção surge no seguimento de uma ação de vigilância das pessoas que se encontram em confinamento, por ordem da Autoridade de Saúde, após o surto que surgiu no concelho.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui