DesportoDistrito Setúbal

Vitória exige decisão do TAD: “Querem livrar-se de nós”

O presidente da Mesa da Assembleia-Geral dos sadinos exige que o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) decida em 15 dias sobre o recurso apresentado.

publicidade

O Vitória Futebol Clube ainda tem esperanças de ficar nas competições profissionais. O presidente da Mesa da Assembleia-Geral dos sadinos exige que o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) decida em 15 dias sobre o recurso apresentado.

O senhor presidente do TAD, que tanta pressão fez para que a decisão fosse tomada no dia 27, para salvar a face da Liga, e diga-se em abono da verdade da Federação, pela não realização do sorteio das competições, tem agora uma possibilidade única de ‘pressionar’ o Colégio Arbitral para decidir, no prazo máximo de 15 dias, a parte principal deste processo, permitindo ao Vitória iniciar a competição, até porque tal é possível”, disse Cândido Casimiro, num comunicado publicado pelo clube.

O advogado sublinhou que “o processo contém toda a documentação necessária para que o TAD decida, sem ser necessário fazer a inquirição das testemunhas arroladas, mas, se o quer fazer, tem de trabalhar, pois o que está em causa é apreciar e decidir se as decisões tomadas pelo presidente da Liga e por duas das suas diretoras, são nulas ou anuláveis, porque quem as tomou não tinha legitimidade e competência para o fazer, o que a ser assim decidido prejudica a apreciação das demais questões”.

Numa última nota, Cândido Casimiro refere que “se o Colégio Arbitral analisar, com o cuidado que se exige, toda a documentação e que foi alegada pelas partes, pode decidir já. É a própria imagem do TAD e dos seus árbitros que está em causa a partir deste momento.

Ou fazem justiça e dignificam o TAD, ou fazem a justiça dos ‘donos do futebol’ e dão razão à grande e maioria dos adeptos, que não se revêm na dita justiça desportiva. Esperamos por justiça, com a certeza que a razão nos assiste. Querem livrar-se de nós, mas não conseguirão“.

Recorde-se que o sorteio da I Liga já foi realizado, e o Vitória Futebol Clube não esteve presente.

Pode ler a nota na íntegra aqui.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui