CrimeViseu

Viseu | Sacerdote acusado de tentar abusar de menor em convívio

- publicidade -

O Ministério Público acusou o sacerdote de Viseu do crime de coação sexual agravado na forma tentada e de aliciamento de menores para fins sexuais, referente a um caso que ocorreu a 27 de março do ano passado.

Noticia o Sol, que o arguido terá tentado beijar um menor de 14 anos, num convívio em São João de Lourosa.

Primeiramente “tocou com a sua mão na mão da vítima e, pouco depois, deu-lhe conta do seu propósito de se relacionar sexualmente com aquele”, refere o Ministério Público, na acusação feita através da Procuradoria da Comarca de Viseu.

Convidado a encontrar-se com o sacerdote na casa de banho, foi puxado pelo próprio, “aproximou os seus lábios aos dele, procurando repetidamente beijá-lo na boca, o que este evitou”. Depois da tentativa, enviou uma mensagem ao menor, aliciando-o para se encontrarem no fim de semana, “a fim de se relacionar sexualmente com ele”.

O arguido encontra-se proibido de contactar menores de 18 anos por qualquer meio e está sujeito à apresentação quinzenal na polícia da área de residência.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *