Justiça

VIOLÊNCIA – Sindicato da PSP considera críticas como ‘aproveitamentos políticos’

publicidade

O Sindicato Unificado da Polícia de Segurança Pública pronunciou-se acerca das imagens e da notícia de desacatos no bairro da Jamaica, Fogueteiro, considerando que existem questões sociais que o Estado não consegue resolver mas sobre as quais é feito ‘aproveitamento político’.

Na sua página de Facebook, o SUP Portugal refere que «todos os problemas relacionados com as questões sociais recaem sobre os policias, quando é um problema de Estado o qual se sente incapaz de solucionar.

E depois assistimos a aproveitamentos políticos deploráveis, sobre atuações policiais no estritamente cumprimento das suas obrigações, zelar e repor a ordem pública.

Quando deveriam gastar as suas energias para as questões relacionadas com os graves problemas sociais, mas apenas se aproveitam das minorias e dos mais desfavorecidos, sempre com o mesmo argumento, racismo e xenofobia.

O que foi feito pelos oportunistas políticos para acabar com um bairro ilegal há mais de 20 anos? Não se preocuparam pela clandestinidade deste bairro e no apoio a estás pessoas?»

Elementos da Esquadra da PSP da Cruz de Pau deslocaram-se este domingo de manhã ao bairro da Jamaica, para uma intervenção policial após ter sido alertada para desacatos entre duas mulheres, altura em que foram arremessadas pedras contra as viaturas e agentes, com um deles a necessitar de assistência hospitalar, após ter sido atingido na boca com uma pedra.

Num vídeo que foi depois partilhado, são visíveis as actuações dos agentes sobre alguns transeuntes, com recurso à força.

A associação SOS Racismo vai apresentar uma queixa ao Ministério Público na sequência desta intervenção policial, e em comunicado, a associação sublinha que as agressões «são absolutamente injustificáveis e inaceitáveis» e, por isso, o caso deve ser esclarecido e as responsabilidades apuradas.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui