Vigília nos aeroportos do Movimento Zero com cariz solidário

O Movimento Zero irá, a partir de 21 de Janeiro, fazer uma vigília nos aeroportos nacionais, mas este terá também uma característica solidária

0
97
Tempo de Leitura: < 1 minuto

O Movimento Zero,um movimento social constituido por elementos da PSP e da GNR, irá a partir de 21 de Janeiro, fazer uma vigília nos aeroportos nacionais, de Lisboa, Porto, Faro, Funchal e nos vários aeroportos dos Açores, mas este terá também uma característica solidária, conforme explicam nas redes sociais.

Nesse sentido, os elementos do Movimento Zero apelam que sejam entregues brinquedos e ou bens alimentares aos elementos que vão participar nas vigílias, que serão depois distribuídos a famílias carenciadas.

«Tendo consciência que os elementos das Forças de Segurança que vão participar nesta vigília terão um comportamento civicamente irrepreensível, decidimos aproveitar este tempo em benefício da sociedade que sempre defendemos, dando um pequeno contributo a quem precisa da nossa ajuda.

Deste modo, decidimos receber bens alimentares e brinquedos, para posteriormente serem doados aos mais carenciados. Nesta ação de solidariedade, qualquer Polícia ou cidadão pode e deve participar.

Basta comparecer nos aeroportos nacionais, demonstrar apoio aos elementos das Forças de Segurança e simultaneamente, deixar um bem alimentar ou um brinquedo que já não faça falta na sua casa, mas que pode fazer a alegria de outra criança.

Os elementos das Forças de Segurança lutam pela sua Dignidade, Respeito e Valorização, mas têm a perfeita noção, fruto da permanente interacção com a comunidade, da existência de inúmeras famílias que lutam à base do seu trabalho, para uma melhor qualidade de vida.

Também essas famílias são esquecidas por muitos, mas nunca pelos Polícias!

É por estas famílias e para estas famílias que sobrevivem com muito pouco, que apesar dos seus problemas têm sempre uma palavra de afeto e um sorriso para nos dar diariamente, que motivou de forma unânime esta acção, demonstrando o nosso agradecimento com este pequeno gesto.

Juntos por uma Polícia mais apoiada e motivada, mas também por uma sociedade mais justa!».

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome