Política

Van Dunem deixa ministério da Justiça

A ministra da Justiça diz que não será ministra num próximo e possível Governo PS.

- publicidade -

Em declarações ao jornal Público a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, adiantou que num próximo Governo se o Partido Socialista (PS) ganhar as eleições e António Costa assumir a função de primeiro-ministro, a governante não fará parte desse mesmo Governo.

Eu já estava neste Governo até final da Presidência portuguesa da União Europeia, era a combinação que tínhamos. Porque era suposto que houvesse uma remodelação a seguir.

Afirmou a atual ministra da Justiça em declarações àquele jornal. A governante respondeu ainda sobre a sua não continuidade num cargo na próxima legislatura: “Acho que sou neste momento a pessoa que mais tempo esteve na pasta da justica“. Francisca Van Dunem passou pelo gabinete do procurador-geral da República entre 1999 e 2001, e desempenhou ainda outros cargos, foi procuradora-geral distrital de Lisboa de 2007 até entrar no Governo de António Costa, decorria o ano 2015.

As declarações que agora faz à comunicação social, vão ao desencontro das afirmações do primeiro-ministro, António Costa, que em setembro, afastou qualquer remodelação do seu Governo na sequência das eleições autárquicas. Segundo a ministra da Justiça, a sua saída estaria programada a partir de junho, uma vez que a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia decorreu entre 1 de janeiro e 30 de junho.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo