Atualidadecoronavírus

Utentes de lar de Famalicão transferidos para hospital militar do Porto

publicidade

Em causa estão “32 utentes” e um processo que vai começar “brevemente, ainda hoje”, estando o transporte entre Famalicão, no distrito de Braga, e o Porto assegurado “por ambulâncias de corporações do concelho [de Famalicão], no caso dos idosos sem mobilidade, e por viaturas militares”, disse a mesma fonte.

A solução para os utentes do lar que ficou sem funcionários depois de os 18 que ali trabalham terem ficado “ou com teste positivo para coronavírus ou em quarentena” foi “concertada entre a Câmara de Famalicão, a Proteção Civil distrital de Braga e as autoridades de saúde”, acrescentou.

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui