BarreiroDestaqueDistritoDistrito Setúbal

Utentes da Soflusa invadiram terminal no Barreiro

publicidade

No dia de ontem, a Transtejo/Soflusa emitiu dois comunicados dando conta da supressão da maior parte das carreiras fluviais na ligação Barreiro/Terreiro do Paço, deixando sem ligação à capital centenas de utentes.

Na manhã de hoje, os utentes voltaram a desesperar por ligações, e os animos exaltaram-se, tendo sido pontapeada uma das portas de acesso, que já tinha sido atingida pelo acidente que ocorreu com um autocarro dos TCB mas ainda não fora reparada, e com os passageiros a «invadirem» os acessos.

Segundo utentes, além das supressões já previstas, não foram também realizadas as ligações das 9h25, 10h25 e das 10h55 sem aviso, saindo os barcos sem levarem passageiros, ou navegando ao largo da estação sem atracarem.

A PSP foi chamada ao local e segundo informação prestada pelos utentes, saiu há minutos uma embarcação com passageiros e elementos da Polícia Marítima.

O Diário do Distrito sabe também que na terça-feira, 28 de Maio, entre as 8h05 e as 8h45 apenas um navio se encontrava a fazer a travessia entre o Barreiro e o Terreiro do Paço, e já depois depois dos passageiros estarem sentados, o mestre mandou estes sairem, alegadamente por ordem da Policia Marítim, o que os passageiros recusaram fazer, e o navio acabou por sair do terminal às 8h50, no horário previsto.

Fotos: Paulo Fernandes/ Facebbok

 

Artigos Relacionados

2 Comentários

    1. Caro António Marques, se ler a notícia verá que isso é lá referido, mas conforme testemunhas no local, houve quem pontapeasse a porta ficando esta totalmente inutilizada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui