AgendaTurismo

Uma aldeia vinhateira a sul do Tejo

publicidade

Mais a nascente do concelho de Palmela, a localidade de Fernando Pó é um local a visitar, pois é a mais nova aldeia vinhateira que oferece vários hectares de vinhas que por estas alturas são autênticos jardins de vinhas e também é nesta altura que as uvas começam na sua maioria a pintarem-se para a preparação de mais uma vindima.

Nesta localidade pode encontrar ainda várias adegas com venda própria e degustação dos melhores vinhos do mundo. A localidade é cortada pela linha férrea que liga Lisboa ao Algarve, com um pequeno apeadeiro que muitos sábados serve de paragem obrigatória para uma viagem entre Lisboa e Fernando Pó, que mostra aos turistas a verdadeira natureza de uma zona tipicamente rural e caramela.

Em Fernando Pó, encontra ainda o Museu da Casa Ermelinda Freitas, uma adega centenária e de várias gerações, onde o mundo rural e do vinho está lá retratado pela história da família Ermelinda Freitas. Depois é tempo de fazer uma pausa e com sorte ainda consegue almoçar no meio da vinha, ou então, que tal um passeio de charrete por entre as vinhas?

Ao meio da tarde é tempo para fazer uma prova com os melhores do mundo, e aqui terá muitas escolhas para fazer, basta decidir o que prefere, um branco, um tinto ou até um rosé. Mas não pode deixar para trás o tão saboroso Moscatel de Setúbal. Aqui pode escolher uma adega típica ou uma futurista e para isso nada melhor que fazer uma viagem na rota das adegas que se estende até ao Poceirão. Lá está, pode ainda passear entre as duas localidades no meio daquelas que dão os melhores do mundo.

A dormida pode ser feita ou nos alojamentos locais ou então na sede do concelho, que fica a cerca de 20 quilómetros de Fernando Pó.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui