Setúbal

Transtejo desiste de barcos a gás e opta por eléctricos

Após ter lançado o concurso para compra de barcos a gás natural, dez meses depois a empresa Transtejo anulou essa compra e irá optar por navios elétricos, pelo mesmo valor, mas com uma maior demora.

Segundo fonte da empresa, o único grupo que estava na corrida ao fornecimento de novos barcos à Transtejo, a «Austal Limited» falhou a qualificação do concurso ao não demonstrar o cumprimento dos requisitos mínimos de capacidade técnica exigidos no programa do procedimento, exigido na proposta.

No entanto, o Governo já deu aval para a empresa avançar com novo procedimento para a compra de navios com propulsão elétrica mas isso irá implicar o atraso em cerca de um ano na chegada do primeiro novo navio.

Os valores de investimento aprovados, na casa dos 90 milhões de euros, vão manter-se, mas a  adjudicação das novas embarcações até ao final do ano, como estava previsto, já não irá acontecer.



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.