Parceiros
País

TRANSPORTES – Sindicatos mantêm greve na Infraestruturas de Portugal

Os sindicatos representativos dos trabalhadores da Infraestruturas de Portugal (IP) reuniram-se hoje com o Governo para tentar chegar a um acordo que evitaria a greve marcada para quarta-feira, no Ministério do Planeamento e Infraestruturas.

No entanto, e apesar da IP já ter feito saber que aguardava um resultado positivo, da parte dos sindicatos não houve qualquer acordo, pelo que a greve de amanhã na IP-Infraestruturas de Portugal, IP-Telecom, IP-Engenharia e IP-Património, mantém-se, com início às 00h00.

Segundo comunicado publicado no site da Fectrans «foi apresentada uma nova proposta de actualização do subsídio de refeição em 0,54€ para a maioria dos trabalhadores, ou seja, passou o valor para 7,5€; passa o subsídio de escala para 19%, em vez dos 18,5% anteriormente propostos; não abrange todos os trabalhadores, já que foi assumido pelo governo/administração que ficam de fora cerca de 400 dos QPTs – Quadros de Pessoal Transitório, (trabalhadores oriundos da Função Pública).»

Os sindicatos consideram estas propostas «insuficientes, tendo em conta que as reivindicações dos trabalhadores são a da valorização dos salários para 2019, a valorização das carreiras profissionais e o alargamento dos direitos colectivos a todos os trabalhadores».

A partir das 08h00 os elementos dos piquetes de greve concentrar-se-ão na estação de Santa Apolónia e a IP já fez saber que se prevêem «fortes perturbações na circulação».



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.