PaísSetúbal

TRABALHO – Estivadores apelam à solidariedade dos setubalenses para protesto no terminal ‘ro-ro’

Os estivadores eventuais do Porto de Setúbal apelaram hoje à participação dos setubalenses no protesto contra a precariedade que terá lugar às 07h00 de quinta-feira junto ao terminal de embarque de automóveis do porto, o terminal ‘ro-ro’,

A hora escolhida para o protesto é aquela a que está prevista a chegada de um navio para transporte de automóveis da Autoeuropa e os trabalhadores eventuais suspeitam que a empresa de trabalho portuário Operestiva e demais entidades portuárias se preparam para os substituir por outros trabalhadores, já a partir de quinta-feira.

“Já percebemos que estão a preparar um forte dispositivo policial junto à entrada do terminal ‘ro-ro’, pelo que tudo indica que vamos ser substituídos por outros trabalhadores, que não sabemos ainda quem são”, disse à agência Lusa um dos estivadores do Porto de Setúbal.

“Não queremos desacatos, não queremos violência, mas vamos estar à entrada do Porto de Setúbal, de forma pacífica, até porque queremos que todo o país perceba o que a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, e a presidente da APSS, Lídia Sequeira, estão a fazer e a forma como tratam estes trabalhadores precários, alguns dos quais estão nesta situação há mais de 20 anos”, disse o trabalhador, reiterando o apelo à solidariedade dos setubalenses.

O Sindicato dos Estivadores a Atividade Logística (SEAL) já se solidarizou com o protesto dos estivadores contra o trabalho precário no Porto de Setúbal.

Entretanto, em carta dirigida hoje à ANESUL- Associação dos Agentes de Navegação e Empresas Operadoras Portuárias e à AOP-Associação de Operadores Portuários, o SEAL também nega a acusação da Operestiva de que o sindicato recusa continuar a negociação do CCT para Setúbal.

“Depois da última reunião realizada no passado dia 12 de Julho, nunca mais qualquer das partes envolvidas no processo negocial sugeriu datas para a realização de qualquer subsequente reunião, razão pela qual, face às mentiras difundidas, decidimos avançar ontem com o agendamento de três datas para retomarmos e, expectavelmente, concluirmos o referido processo negocial”, refere as carta do sindicato a que a agência Lusa teve acesso.



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.