Distrito SetúbalEconomiaSetúbal
Em Destaque

Trabalhadores da Carl Zeiss de Setúbal estão em greve

Aumentos de salários e horários deu mote aos dois dias de greve este fim de semana.

- publicidade -

Os trabalhadores da empresa Carl Zeiss, em Setúbal, cumprem este fim de semana dois dias de greve por aumentos salariais e em protesto contra os novos horários de laboração contínua, anunciou hoje a União de Sindicatos de Setúbal (USS).

 “É o terceiro fim de semana consecutivo em greve por um aumento salarial de 100 euros, como base de negociação, e contra a implementação de novos horários de laboração contínua”, disse à agência Lusa Luís Leitão, coordenador da União de Sindicatos de Setúbal.

tarot terapêutico

 “A Carl Zeiss, uma fábrica de lentes, em vez de contratar mais pessoal para fazer face às encomendas, quer fazer uma alteração nos horários de trabalho, passando para laboração contínua”, acrescentou.

 De acordo com o sindicalista, a maioria dos cerca de 250 trabalhadores da Carl Zeiss não concorda com esta alteração, dado que deixam de receber o trabalho extraordinário que fazem aos fins de semana, para além do impacto que esta alteração de horários irá ter nas suas vidas.

 “A empresa não precisa de alterar os horários de trabalho, precisa é de contratar mais pessoas”, defendeu o sindicalista.

 Segundo a USS, os trabalhadores da Carl Zeiss deverão concentrar-se este sábado, entre as 8:00 e as 10:00, junto à empresa, na defesa das suas reivindicações, em protesto contra a alteração dos horários de trabalho e para exigirem aumentos salariais.

 A agência Lusa tentou ouvir a empresa, mas não foi possível.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui