Parceiros
CrimeMundoSetúbal

Suspeito do crime de homicídio de cidadão chinês em Setúbal foi detido em Espanha

- publicidade -

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal, em articulação com a Polícia Nacional de Espanha, no cumprimento de mandado de detenção europeu emitido pela autoridade judiciária, deteve um homem de 51 anos, por fortes indícios da prática do crime de homicídio.

Os factos ocorreram em maio de 2019, quando o ora detido e um coautor, atualmente em parte incerta, transportaram a vítima, um homem de 42 anos, para uma zona erma de Setúbal, onde foi abatido, devido a uma suposta dívida.

O arguido, que se encontrava em fuga, foi entretanto localizado e detido, e presente a primeiro interrogatório judicial, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

O caso remonta a maio de 2019 quando o detido, com outros homens, raptou um homem de nacionalidade chinesa com 32 anos, e o torturam, acabando por o executar com seis tiros num terreno baldio no Parque Industrial da Sapec, junto ao rio.

Um dos dois suspeitos do crime foi detido em Madrid no início do mês, num hotel na zona de Léganés e aguarda ainda extradição para Portugal.

Ambos os suspeitos são de origem chinesa, e pertenceriam a uma rede de tráfico de meixão que operava na cidade, e após o homicídio fugiram do país numa viatura que veio a ser encontrada no mesmo hotel onde o homicida foi agora detido.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário