STAL/CGTP marca greve na União de Freguesias da Charneca de Caparica e Sobreda

Em comunicado, o STAL informa que os trabalhadores da União de Freguesias da Charneca de Caparica e Sobreda estarão em greve no próximo dia 26 de Junho.

publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Em comunicado o STAL/CGTP informa que os trabalhadores da União de Freguesias da Charneca de Caparica e Sobreda estarão em greve no próximo dia 26 de Junho, sexta-feira, «contra a repressão e intimidação, pelo cumprimento dos seus direitos e em defesa do serviço público».

Segundo o documento, os trabalhadores desta Junta de Freguesia exigem «o fim das tentativas de condicionamento do STAL no contacto com os trabalhadores nomeadamente no acesso às instalações; a retirada imediata da videovigilância no estaleiro e consulta ao STAL no que à sua implementação diz respeito; a retirada imediata do regulamento ilegal para gestão de recursos humanos e o cumprimento do ACEP assinado com o STAL; a implementação da sazonalidade (Verão e Inverno) do fornecimento do fardamento ao nível do calçado e do vestuário; a reintegração imediata e permanente do trabalhador Rui Araújo através da desistência formal da imposição do despedimento; o fim do desconfinamento irresponsável e reforço da higienização dos espaços; o fim da constante tentativa de imposição do clima de medo para evitar o cumprimento dos direitos dos trabalhadores.»

O STAL indica ainda que está a tentar «o diálogo desde Fevereiro de 2018, sempre sem resposta por parte do deste Executivo no que a reuniões diz respeito» e que já se deslocou «à Assembleia de Freguesia, onde denunciou esta questão, a par do clima de perseguição, a par do regulamento ilegal, a par da videovigilância, e o Executivo mentiu dizendo que não existia nada do que ali afirmávamos».

Perante as acusações lançadas pelo STAL, o Diário do Distrito tentou obter um esclarecimento por parte do executivo da Junta, solicitado na passada segunda-feira, dia 19 de Junho, mas até ao momento não obteve resposta.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome