JustiçaSines

SINES – Apreensão de 30 kg de marisco por fuga à lota

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Sines, hoje, dia 22 de novembro, apreendeu mais de 30 quilos de crustáceos por não terem sido submetidos ao regime legal de primeira venda de pescado fresco (fuga à lota), no Porto de Pesca de Sines.

A apreensão de 11 quilos de lagosta, 18 quilos de santola e 2,5 quilos de lavagante, com um valor aproximado de 400 euros, ocorreu durante o patrulhamento ao porto de pesca. Os militares abordaram um indivíduo com comportamento suspeito, à saída do porto de pesca, que transportava os crustáceos ocultados num contentor do lixo.

Durante a fiscalização foi ainda verificado que existia também marisco subdimensionado, o que afeta gravemente a sustentabilidade destes recursos. Foram identificados dois indivíduos, o transportador e o mestre da embarcação e elaborado o respetivo auto de contraordenação.

As espécies apreendidas, por ainda se encontrarem vivas, foram devolvidas ao seu habitat natural.



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.