Atualidade

SIM alerta para situação de contingência de Obstetrícia nos hospitais da Grande Lisboa

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) alertou este domingo para a situação em que se encontram as urgências de Obstetrícia nos hospitais da Grande Lisboa.

«TODAS as urgências de Ginecologia/Obstetrícia dos hospitais da área de Lisboa estão, neste momento, a funcionar abaixo dos limites de segurança!» refere em comunicado, no qual indica ainda que «após envio ontem para o CODU de um pedido para uma urgência de Obstetrícia ser retirada do circuito de referenciação do INEM no período noturno, por estar com a equipa médica abaixo dos limites de segurança, foi recebida a seguinte resposta do INEM: ‘Em virtude de todos os hospitais da área de Lisboa se encontrarem em contingência de Obstetrícia, não é possível o CODU desviar as grávidas da área de referência do vosso hospital, para outras Unidades Hospitalares.’»

O SIM sublinha que se «sucedem os períodos em que isto acontece, deixando praticamente de ser a excepção (e mesmo essa inadmissível) para ser a regra…» e critica as palavras da ministra da saúde ao considerar que «os médicos em geral e pelos vistos os obstetras em especial são pouco resilientes…» deixando a questão à governante: «será que nos vai dizer com toda a sua candura, que diz vir do fundo do coração, que temos de ter grávidas e parturientes mais resilientes?».



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.