Parceiros
Setúbal

SETÚBAL – SOS Sado contesta pedido da APSS para deposição de ‘dragados ligeiramente contaminados’

- publicidade -

O Movimento SOS Sado está a lançar um apelo para que sejam enviadas contestações à Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos através de uma ferramenta criada em https://tupem.sossado.pt/.

O Movimento pretende impedir a autorização ao pedido realizado pela Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, SA para deposição até 250.000m3 de material dragado ligeiramente contaminado num local à saída da barra do estuário do Rio Sado.

Segundo nota na página do SOS Sado, «a APSS solicitou novo pedido de TUPEM à Direcção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos desta vez para despejo dos dragados ligeiramente contaminados que afirmaram várias vezes não existirem.»

O TUPEM permite à entidade que o solicita o direito de utilização de uma área marítima demarcada para seu uso privativo, condicionado às regras expressadas na lei e no despacho de atribuição do título.

O pedido da APSS estará em consulta pública até ao dia 17 de Janeiro e o público pode deixar a sua opinião através do site acima, preencher os dados do formulário (que serão apenas utilizados para o envio) e utilizar a mensagem proposta ou escrever a sua própria.

«É fundamental que todos participemos, dizendo à DGRM que recusamos totalmente este jogo de sombras protagonizado pela APSS e que – para lá dos aspectos técnicos e ambientais que farão parte de contestações elaboradas por vários movimentos cívicos e ambientalistas – entendemos não estarem minimamente cumpridos os pressupostos de esclarecimento das populações e transparência administrativa que se exigem num processo tão sensível como o de movimentação de resíduos contaminados do leito do rio Sado» refere ainda o SOS Sado.


SONDAGEM: Qual o seu sentido de voto nas próximas eleições legislativas a realizar no dia 30 de janeiro.
Carregue neste link para votar e partilhe
https://t.me/diariodistrito/1253

Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva no canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que fazemos no seu distrito


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *