Setúbal

Setúbal apresenta mapa interactivo de árvores classificadas e propostas a classificação

- publicidade -

A Câmara Municipal de Setúbal lança no domingo, Dia Mundial da Árvore e Dia Internacional da Floresta, um mapa interativo das árvores classificadas e propostas a classificação no concelho, disponibilizado no site Setúbal em Bom Ambiente.

A nova ferramenta, acessível a partir de dia 21 de Março na secção Viver – Espaços Verdes e Árvores do site municipal Setúbal em Bom Ambiente, permite conhecer, em modo interativo, as localizações das 21 árvores do concelho que são classificadas como de interesse público e as 14 que o município propôs recentemente para classificação ao Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.

As oliveiras milenares com mais de dois mil anos que se encontram em Azeitão, junto da Estrada Nacional 10, e a melaleuca, que tem a particularidade de crescer na horizontal e que se apresenta como um autêntico monumento vivo de grande efeito cenográfico e artístico à beira-rio, no jardim Eng.º Luís da Fonseca, são algumas das árvores classificadas que se podem encontrar no mapa.

É ainda possível identificar o famoso plátano que se encontra no Largo Dr. Francisco Soveral, antigo Largo da Ribeira Velha, e as seis Araucárias-de-Norfolk, centenárias, com 26,6 metros de altura, localizadas no Largo José Afonso.

De entre as 21 árvores propostas para classificação, são de salientar os dois exemplares de magnólias que se encontram na placa central da Avenida Luísa Todi, árvores centenárias que na primavera brindam os transeuntes com grandes flores brancas e aromáticas.

O mapa dá a conhecer a localização, altura, idade e curiosidades destas e de outras espécies de árvores de interesse público do concelho de Setúbal, de com o objetivo de facilitar a sua identificação e valorizar o património vegetal em meio urbano.

Fonte: Câmara Municipal de Setúbal

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui