Parceiros
MobilidadeSetúbal

Setúbal | André Martins anuncia novos parques de estacionamento gratuitos

- publicidade -

O presidente da Câmara Municipal de Setúbal, André Martins, anunciou esta sexta-feira a criação de novos parques de estacionamento público de rebatimento, que vão totalizar um total de mais de 2500 lugares de utilização gratuita.

Uma destas bolsas de estacionamento gratuito fica na zona da Várzea, nas imediações da Escola Básica Barbosa du Bocage, um terreno com acesso pela Rua Engenheiro Henrique Cabeçadas, que está a ser preparado numa operação executada pelos serviços da Câmara Municipal de Setúbal. Igualmente no lado nascente do Parque Urbano da Várzea, poderá ser utilizado o estacionamento disponível na Avenida Paula Costa.

Neste novo parque de estacionamento público, o qual já pode ser utilizado pela população durante os trabalhos, a autarquia está a concretizar um conjunto de ações de limpeza, modelação e compactação do terreno para dotar este espaço público de melhores condições de utilização.

O presidente do município, acompanhado da vereadora do Urbanismo e Mobilidade, Rita Carvalho, e do vereador das Obras Municipais, Carlos Rabaçal, visitou as obras esta manhã.

O autarca anunciou também a disponibilização de novas áreas de estacionamento gratuito na cidade sadina, «que irá resultar numa capacidade total de parqueamento superior a 2500 lugares de utilização gratuita», cita um comunicado enviado às redações.

Paralelamente, nas imediações do terminal de autocarros da Várzea, a Câmara Municipal está a requalificar uma área que traz novas zonas de circulação pedonal e rodoviária, assim como uma bolsa de parqueamento automóvel com mais de 70 lugares.

Além de gratuitos, estes parques de rebatimento ficam integrados na nova rede de transportes públicos que chega em breve à cidade.

«As pessoas podem estacionar as viaturas e utilizar a rede de transportes públicos para aceder a várias zonas da cidade, como a baixa e a frente ribeirinha» afirmou o autarca.

Acerca do estacionamento pago, André Martins frisou que «tem sido a solução para melhor gerir o espaço público, com o objetivo de garantir passeios livres para as pessoas circularem e assegurar a circulação dos chamados modos suaves mais amigos do ambiente» e que «deste modo é garantido a todos mais oportunidade de estacionar, ao mesmo tempo que se assegura e facilita o estacionamento aos residentes e o acesso ao comércio local. Não estamos a inventar nada. Seguimos a experiência de outras grandes cidades.»


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário