SesimbraTurismo

Sesimbra, o tesouro turístico português cada vez menos escondido

- publicidade -

O Dia Mundial do Turismo é celebrado a habitualmente a 27 de setembro. O turismo é um dos principais vetores não só da economia nacional, mas também na de Sesimbra. Este é um refúgio para escapar a azáfama citadina. Temos um envolvente castelo de origem medieval, a irreverente praia do Meco (um dos primeiros locais do país a legalizar a prática de nudismo) ou o imponente Cabo Espichel. Locais que deixam todos deslumbrados pela sua beleza.

O concelho é bastante conhecido pela sua vertente balnear. Mas também existem outros tesouros a conhecer que não passam apenas pelo mar. A Estação Náutica de Sesimbra é um dos principais ativos turísticos, mas não o único, existente. Aqui é possível associar as visitas a locais históricos (como é o caso do Cabo Espichel) a prática de desportos de natureza. O parapente ou a canoagem são dois dos desportos que levam inúmeros praticantes até Sesimbra.

Se quiser sair um pouco do circuito habitual, pode sempre subir até ao Castelo ou seguir o percurso dos dinossauros. As pegadas encontradas no concelho serviram como inspiração para Spielberg no conhecido Jurassic Park. A gastronomia é bastante apreciada com muitos a virem até Sesimbra para jantarem uma saborosa caldeirada de peixe (acompanhada por um dos vinhos da região) num dos inúmeros restaurantes que existem ao longo da marginal.

Uma beleza para contemplar

Enquanto está na esplanada de um café ou de um restaurante pode contemplar o tranquilo mar. Se for daqueles que gostam de explorar sem rumo certo, não se esqueça de olhar bem para a arte de rua que pode ser encontrada em portas ou muros. Um dos mais recentes exemplos pode ser encontrado na descida para a vila com uma frase marcante made in México mas com os “pexitos” (e não só) no coração.  

Mesmo que a baía da vila ofereça excelentes condições para a prática de mergulho (devido a uma rica flora e fauna), aqueles que não queiram saltar para a água podem sempre visitar a Fortaleza de Santiago ou o Forte de S. Teodósio. Estes dois monumentos, que ficam bem perto das praias, foram criados com uma vertente militar. O último recebeu, há poucos dias, o exercício conjunto da NATO. Este forte, que tem um farol criado por Eiffel, data do século XVI e pode ser visitado pelo público.

Estas comemorações estão a ser feitas num momento em que a pandemia acalmou e que se tenta voltar aos níveis turísticos alcançados anteriormente. Os intervenientes neste setor, que atualmente estão reunidos na VI Cimeira do Turismo Português, enfrentam vários desafios. Um deles é a falta de trabalhadores.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *