SESIMBRA – Condutor foge após atropelar três pessoas em noite de Ano Novo

0
10703
DR - VMER Barreiro Foto ilustrativa
Tempo de Leitura: 1 minuto

Um homem, uma mulher e uma criança de 5 anos foram atropeladas por um condutor que se colocou em fuga, durante a noite de Ano Novo, na Avenida dos Náufragos, em Sesimbra, e a família lançou um apelo através das redes sociais para encontrar o condutor do Nissan Micra, que deve apresentar uma amolgadura na parte dianteira esquerda.

“Os meus pais iam a descer com o meu filho que tem 5 anos no carrinho do lado esquerdo da estrada entre a Praia do Ouro e a Docapesca, na Avenida dos Náufragos, em Sesimbra, entre as 01h00 e as 01h30, na noite de Ano Novo”, contou ao Diário do Distrito Raquel Borralho.

“Um veículo que vinha a descer a alta velocidade, achamos que vinha a ultrapassar outro, foi embater nos meus pais de costas. A minha mãe ia atrás e sofreu o embate maior. Com o impacto o carrinho de bebé foi projectado e o meu filho voou por cima do muro e foi cair lá em baixo na zona da Docapesca de uma altura superior a 3 metros, e o meu pai levou apenas embate na perna. Foi ele que conseguiu saltar o muro até lá em baixo para socorrer o meu filho.”

Após o embate, o condutor do Nissan Micra (segundo testemunhas que não conseguiram descrever nem a cor nem a matrícula) apagou as luzes, “fez ‘marcha atrás’ e fugiu pela serra, junto ao Forte do Cavalo, passando ao lado dos carros que tinham parado quando se aperceberam do que se passou” explica ainda Raquel Borralho.

Na altura uma equipa da VMER do Barreiro passava no local e socorreu as vítimas, que foram depois transportadas ao Hospital de Setúbal.

“A minha mãe ficou caída no chão (ficou com um hematoma subdural e hematomas no braço e perna direitas), o meu pai ficou com só com hematomas na perna direita e, não sabemos como no meio de tudo, o meu filho só tem escoriações na face e nas pernas. O meu filho e o meu pai tiveram alta após os exames mas a minha mãe ficou em observação pelo hematoma cerebral.”

O apelo agora fica para quem tenha testemunhado este atropelamento, possa entrar em contacto com Raquel Borralho, e apresentar mais dados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome