Parceiros
JustiçaSeixal

Seixal | Apresentações periódicas e proibição de contactos para cinco arguidos de tráfico de droga

O Ministério Público do Seixal apresentou a primeiro interrogatório judicial cinco arguidos indiciados da prática de um crime de tráfico de estupefacientes.

«Existem fortes indícios de que, pelo menos desde finais de 2021, um dos arguidos comprava e transportava produto estupefaciente (cocaína e canabis) para o interior da Quinta das Lagoas, em Corroios, e guardava-o em diversas residências» refere a acusação.


«Para o efeito, contava com a colaboração dos residentes (os demais arguidos) dessas mesmas habitações, locais onde foi apreendido o produto estupefaciente.

Indiciam ainda os factos de que aquele primeiro arguido e um outro procediam à venda dos produtos estupefacientes na Quinta das Lagoas, nas imediações de uma dessas residências.»

Na sequência do interrogatório, o Ministério Público promoveu a aplicação da medida de coação de proibição de contactos entre todos os arguidos bem como com testemunhas já identificadas.

Relativamente ao arguido que fazia entrar o produto estupefaciente na Quinta das Lagoas, foi pedida ainda a medida de coação de proibição de se aproximar e de permanecer na Quinta das Lagoas e aos restantes arguidos, o Ministério Público promoveu a obrigação de apresentação periódica diária, bissemanal e semanal nas autoridades policiais.

Todas as medidas foram aplicadas pelo juiz de Instrução Criminal.

A investigação prossegue sob a direção do Ministério Público do Seixal, do DIAP da Comarca de Lisboa, com a coadjuvação da Polícia de Segurança Pública.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.