PolíticaSeixal

PS Seixal apresentou pacote fiscal de apoio às famílias e às empresas

- publicidade -

Em comunicado enviado às redações, o grupo municipal do PS na Assembleia Municipal do Seixal informa que apresentou um pacote fiscal de apoio às famílias  e às empresas do concelho «propondo reduções das taxas cobradas pela Câmara Municipal de IMI, IRS (participação variável) e Derrama».

A proposta foi apresentada pelo líder de bancada, Samuel Cruz, que no documento refere que «tempos excepcionais, requerem medidas excepcionais. No atual contexto de pandemia em que vivemos, é necessário apoiar as famílias e as empresas que se debatem com inúmeros problemas, nomeadamente de desemprego, redução de rendimentos e iminente insolvência».

No que respeita ao IMI, o PS local propõe a redução da taxa cobrada para 0,350%, defendendo que «a perda de receita é largamente compensada pela entrada de novos prédios no sistema, reavaliação do valor patrimonial de outros e pelas disponibilidades de cash-flow da autarquia».

Relativamente à participação no IRS o eleito propõe «uma redução de 20%, face à proposta da Câmara, referindo que também neste imposto a perda de receita é facilmente compensada pela participação no IVA, recebida pela primeira vez em 2020 e que está a ter um desempenho muito acima das expectativas».

No que respeita à Derrama, o autarca defende ainda que «o Seixal não pode perder competitividade face à Almada, que cobra 1,2% de Derrama e propõe também esta taxa ao invés dos 1,5% propostos pelo executivo comunista».


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo