AlmadaJustiçaUncategorized

Prisão preventiva para suspeito de assaltos violentos em Almada

publicidade

Um homem suspeito de ter praticado quatro crimes de roubo, um crime de roubo agravado, um crime de detenção de arma proibida e um crime de tráfico de menor gravidade, foi presente a primeiro interrogatório judicial e ficou com a medida de coação de prisão preventiva.

O arguido é suspeito de, entre o dia 6 e 9 de julho de 2020, no Feijó, Almada, na companhia de individuo de identidade ainda não apurada, ter abordado vários cidadãos que circulavam apeados, sozinhos, por várias artérias daquela localidade, com o intuito de fazer seus os bens de valor que os mesmos tivessem consigo.

«Apercebendo-se que algumas das vítimas detetaram o seu intuito, os suspeitos moveram-lhes perseguição, intercetaram-nos, desferiram-lhes murros no corpo e arrancaram à força os objetos que de valor tinham consigo, provocando-lhes várias lesões físicas» refere o acórdão do Ministério Público.

Ficou também provado que abordaram vítimas junto a Multibancos, e mediante a exibição de uma faca, num dos casos, e noutro com objeto de características não concretamente apurados, deram-lhes ordem que colocassem o seu cartão bancário na caixa ATM, ao que estas, por medo, acederam.

Num dos casos, conseguiram apoderar-se de quantia monetária, noutra situação limitaram-se a fazer seus objetos de valor que a vítima trazia consigo.

No dia 1 de outubro de 2020, na sequência de busca domiciliária, o arguido tinha na sua posse cerca de 40 gramas de cannabis, balança de precisão e material de corte, para além de armas brancas e de objetos pertences às vítimas e que assim puderam ser recuperados.

Na sequência do interrogatório, o Ministério Público requereu a aplicação ao arguido da medida de coação de prisão preventiva, a qual foi aplicada pela juiz de Instrução.

A investigação prossegue sob direção do Ministério Público de Almada do DIAP da Comarca de Lisboa, com a coadjuvação da Esquadra de Investigação Criminal de Almada da PSP.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui