Justiça

Prisão preventiva após roubo de telemóvel no Monte da Caparica

publicidade

A mulher, de 23 anos de idade que foi detida na terça-feira pela GNR após ter roubado um telemóvel com violência no Monte da Caparica, ficou com a medida de coação de prisão preventiva.

A detenção foi feita por militares do Posto Territorial da GNR da Trafaria, após a denúncia de um roubo que estaria a decorrer naquele momento.

No local obtiveram informações fornecidas pela vítima e por testemunhas, o que permitiu localizarem e deterem a suspeita pouco tempo depois.

De acordo com os indícios recolhidos, a assaltante, dependente de cocaína e sem meios de sustento, abordou a ofendida e, por esticão, apropriou-se do telemóvel desta.

Na tentativa de evitar o roubo, a vítima, de 28 anos, a suspeita efetuou vários golpes, com recurso a um x-ato, nos membros superiores e na zona do coração da ofendida, fazendo-a sangrar abundantemente, tendo sido transportada para o Hospital Garcia da Orta.

De seguida, colocou-se em fuga e procedeu à imediata venda do telemóvel, motivo pelo qual não foi possível a sua recuperação, apesar de a arguida ainda ter sido intercetada pela força policial com a roupa ensanguentada

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui