Parceiros
Atualidade

Presidente da República lamenta falecimento do agente da PSP Fábio Guerra

- publicidade -

Marcelo Rebelo de Sousa deixou esta manhã, na página da Presidência da República, uma mensagem de pesar sobre o falecimento do agente da PSP, Fábio Guerra, de 26 anos, que morreu após agressões à porta de uma discoteca.

«Ao tomar conhecimento do falecimento prematuro do agente Fábio Guerra, o Presidente da República manifestou a sua tristeza e pesar pela perda de uma vida em circunstâncias tão trágicas» refere a nota do Presidente da República.

«O agente Fábio Guerra será recordado pela sua abnegação, coragem e dedicação ao serviço do próximo e da segurança pública.

O Presidente da República endereça as mais sentidas condolências à família do agente Fábio Guerra, bem como aos seus amigos e aos profissionais da PSP.»

A PSP já emitiu uma nota de condolências, assim como a GNR, a Polícia Judiciaria e vários sindicatos.

Fábio Guerra foi alvo de três pontapés na cabeça, que lhe provocaram graves lesões cerebrais, tendo estado em coma induzido devido a um aneurisma mas não resistiu aos ferimentos.

Dois dos suspeitos, fuzileiros, estão retidos na Base Naval do Alfeite desde sábado.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário