Parceiros
Economia

Portugueses procuram mais o transporte público

Subida dos combustíveis obriga portugueses a procurar mais o transporte público.

- publicidade -

No último mês Maria Alice era um dos milhares portugueses que levava a viatura própria para o seu local de trabalho, Alice trabalha em Miraflores, em Lisboa e tem que cruzar todos os dias o rio Tejo para chegar ao seu local de trabalho, uma vez que é habitante da margem sul do Tejo.

Antes da escalada de aumento de preços nos combustíveis, Alice colocava 50 euros de gasolina e andava uma semana sem ir à bomba, porque afirma que só utiliza o carro para as deslocações para o trabalho e passeios de fim-de-semana, já que o carro do marido anda ao serviço quase de 95% da necessidade de casa.

Mas no último mês tudo mudo em casa de Alice: “Com a subida do preço dos combustíveis é incomportável trazer o carro todos os dias para o meu local de trabalho, embora que depois esteja parado no meu horário de laboração”, como Alice existem muitos portugueses na mesma situação, o aumento do custo dos combustíveis levou a que o número de utilizadores dos transportes público aumentasse no último mês. Só no metro do Porto e Lisboa e nas ligações fluviais no Tejo, as empresas registaram 18m3 milhões de passageiros, um aumento de mais de 3,7 milhões em comparação a fevereiro, uma subida na ordem dos 25%.

No Metro de Lisboa a subida foi de 25% em 30 dias, com 9,1 milhões de passageiros a subir em março para os 11,4 milhões. Com menos procura ainda está os transportes fluviais da Transtejo e Soflusa que em fevereiro transportaram 1,1 milhões de passageiros e em março 1,3 milhões, um aumento de 18%.

Em março do ano passado as entidades gestoras registaram 6,5 milhões de passageiros em todos os transportes públicos, este ano já contabilizaram 18,3 milhões. Segundo uma fonte do Ministério das Infraestruturas, este aumento deve-se ao passe único de 40€ e também ao aumento dos combustíveis.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário