Parceiros
Política

POLÍTICA – CDS questionou Governo sobre obras em escolas secundárias de Almada

Em comunicado enviado à comunicação social, o CDS-PP informa que questionou o Governo sobre obras de requalificação nas secundárias Fernão Mendes Pinto e do Monte da Caparica

«Alunos, professores, auxiliares e encarregados de educação da Escola Secundária Fernão Mendes Pinto (Almada) e da Escola Secundária do Monte da Caparica anseiam por melhores condições no estabelecimento de ensino.

Os deputados do CDS-PP Nuno Magalhães e Ana Rita Bessa querem saber para quando está prevista uma intervenção de fundo na Escola Secundária Fernão Mendes Pinto, nomeadamente a remoção do telhado em placas de fibrocimento e a intervenção na canalização e para quando a contratação de mais auxiliares, e, também, para quando está previsto o reinício das obras de requalificação da Escola Secundária do Monte da Caparica, devolvendo à comunidade escolar a segurança, o bem-estar e uma melhor qualidade de ensino neste estabelecimento e qual o montante de verbas alocadas à sua requalificação.

Desde a sua inauguração que a Escola Secundária Fernão Mendes Pinto não tem no seu historial qualquer intervenção de fundo ou de requalificação, permanecendo a sua cobertura com placas de fibrocimento, situação essa, que incomoda e intranquiliza a comunidade escolar.

O estabelecimento de ensino localizado no Pragal tem cerca de mil alunos, número que está bem acima para o qual a escola foi pensada.

Com o passar do tempo, se não houver uma intervenção de fundo, a qualidade do ensino lecionado na Escola Secundária Fernão Mendes Pinto, corre o risco de se degradar.

Já quanto à Escola Secundária do Monte da Caparica, o reinício das obras, já anunciadas por diversas vezes, nunca se chegou a concretizar, levando ao agudizar dos problemas que afetam o estabelecimento, onde estudam cerca de 500 alunos.

Devido a esse facto, alunos, professores e auxiliares de educação confrontam-se com a qualidade do ensino em condições muito limitadas, nomeadamente, no que respeita às salas de aula e ao aquecimento central.

Os contentores continuam a substituir as normais salas de aula, levando a um gasto mensal elevado, resultado do seu aluguer.

A persistência desta situação influencia negativamente a qualidade e a segurança do ensino prestado na Escola Secundária do Monte da Caparica.»



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.