Parceiros
DestaqueDistritoSetúbal
Em Destaque

PJ apreende documentação nas instalações da Linha Municipal de Apoio ao Refugiado da Câmara de Setúbal

Inspetores da PJ de Setúbal visitaram três entidades esta manhã, o caso do atendimento a refugiados ucranianos alertou as autoridades.

- publicidade -

A Polícia Judiciária de Setúbal (PJ) levou a efeito uma operação policial de buscas que decorreu em três entidades daquela cidade, uma nas instalações da Linha Municipal de Apoio a Refugiados da Câmara Municipal de Setúbal, outra na própria Câmara Municipal de Setúbal e por fim nas instalações da Associação dos Emigrantes de Leste (Edinstvo):

Em comunicado, a PJ avança que foi apreendida para análise diversa documentação e ainda efetuadas pesquisas informáticas sobre dados relacionados com os crimes em investigação. Estas investigações dão-se depois de notícias terem dado conta que os cidadãos ucranianos eram atendidos no espaço e eram interrogados com questões familiares e pessoais. O caso chegou aos jornais e acionou a polémica a nível local e nacional.

Os vereadores da oposição, PS e PSD, afirmam que já tinham alertado a Câmara Municipal de Setúbal no passado dia 20 de abril para o facto de cidadãos ucranianos estarem a ser recebidos por voluntários com ligação ao Kremlin, acusam o presidente da Câmara Municipal de nada ter feito.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário