MoitaPolítica

PCP Moita considera ‘inaceitáveis’ os cortes efectuados pela TST

publicidade

O Secretariado da Comissão Concelhia da Moita do Partido Comunista Português dá nota, em comunicado, do seu posicionamento perante a decisão de lay-off na empresa Transportes Sul do Tejo

«Tomámos conhecimento de que a empresa Transportes Sul do Tejo a coberto da entrada da empresa em lay-off tenho voltado a cortar na oferta de transportes em toda a sua rede e suprima as ligações com Lisboa.

Uma decisão que para além de gerar mais riscos de propagação da epidemia priva os utentes do direito ao transporte e sujeita-os a riscos que desnecessários para a sua saúde. Uma decisão que afecta também os trabalhadores da empresa reduzindo-lhes ainda mais os seus já baixos salários.

Mais uma decisão que esta empresa toma à revelia das entidades com quem tinha de discutir a sua intenção, como seja a Área Metropolitana de Lisboa e as Câmaras Municipais. Esta e mais uma medida que não responde às necessidades do país e está em claro confronto com as orientações das Autoridades de Saúde.

Manifestamos a nossa solidariedade a todos os utentes e trabalhadores e afirmamos o nosso compromisso de tudo fazer para reverter esta decisão injusta e injustificada.»

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui