AtualidadeFamososMundoReligiãoSociedade

Papa Francisco completa hoje 85 anos

- publicidade -

Jorge Mario Bergoglio nasceu em Buenos Aires, Argentina, neste dia, em 1936.

É o primeiro Papa nascido no hemisfério sul. O último chefe da Igreja Católica não-europeu tinha sido Gregório III, que morreu no século VIII, em 741).

Bergoglio tornou-se arcebispo de Buenos Aires em 1998 e foi criado cardeal por João Paulo II a 21 de fevereiro de 2001.

Após a renúncia do Papa Bento XVI, a 11 de fevereiro de 2013, foi eleito Chefe da Igreja Católica no Conclave que se seguiu, a 13 de março do mesmo ano.

Apesar de ser visto como progressista e por se destacar do seu antecessor em gestos e posturas, Francisco mantém as visões tradicionais da Igreja em relação ao aborto, ao casamento, à impossibilidade da ordenação de mulheres, sendo que esta questão já fora encerrada pelo Papa João Paulo II.

O Papa é atualmente uma das vozes mais enérgicas que se levantam contra o consumismo desenfreado e de alerta para as mudanças climáticas, chegando a escrever uma encíclica sobre a visão cristã da ecologia, chamada Laudato si, título inspirado numa oração de São Francisco de Assis.

Francisco também tem alertado para a necessidade das nações de sentirem irmãs e não rivais, criticando os nacionalismos radicais. É um dos líderes mundiais que mais ênfase tem dado ao drama dos refugiados e migrantes.

No entanto, o Papa argentino está longe de ser consensual e está constantemente sob críticas cada vez mais fortes, particularmente do ramo teológico mais tradicional e conservador. Francisco tem mostrado frequentemente a sua proximidade para com as pessoas da comunidade LGBTQIA+ e defende a simplificação do processo de nulidade matrimonial para divorciados poderem comungar.

É adepto de uma maior simplicidade litúrgica, contudo sem permitir inovações e desvios aos Ritos oficiais, mas é acusado de ser hostil para com os padres e fiéis que desejam celebrar os sacramentos segundo a forma tradicional do Rito Romano, anterior ao Concílio Vaticano II, como tinha permitido Bento XVI em 2007.

Aos 85 anos, tendo apenas um pulmão, uma prótese da anca e medicado para a dor crónica, Francisco foi em Julho intervencionado cirurgicamente a diverticulitis (inflamação intestinal grave). Desde então, tem reduzido a sua atividade celebrativa no Vaticano mas não abrandou a agenda papal de viagens. Tornou-se este ano no primeiro Papa a visitar o Iraque e, a poucos dias de fazer 85 anos, esteve ainda na Grécia e no Chipre.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *