AtualidadeMundoSociedade

Papa chama de “egoístas” a quem prefere animais a filhos e é amplamente criticado

- publicidade -

O Papa apelou ontem, na Audiência Geral semanal, a uma simplificação do processo de adoção e incentivou os casais a terem mais filhos.

Na mesma audiência, Francisco criticou famílias onde os animais de estimação tomam o lugar de filhos e as declarações estão a ser amplamente criticadas.

O Papa chegou mesmo a dizer que “dá vontade de rir”, quando os cães e gatos substituem os filhos. Na internet, as críticas multiplicaram-se.

“Tenha filhos, Vossa Santidade. E principalmente cães e gatos!”, escreveu a jornalista brasileira Larissa Roso, no Twitter.

“Em vez de cães e gatos, o Papa deveria cuidar dos animais que atacam crianças dentro da própria igreja, casos estes que acontecem no mundo todo, ano passado foi descoberto na França.” – refere outro internauta.

Houve quem disesse até que o Papa “esqueceu que o Santo do qual ele adotou o nome lutava pela causa animal”, numa alusão a São Francisco de Assis, santo que quis viver no meio da natureza e criou uma das mais famosas orações a bendizer todas as criaturas como irmãs.

“Uma verdadeira asneira, ao criticar quem substitui filhos por cães e gatos. Este líder precisa entender que os animais também têm vida e necessitam de cuidados”, acaba por dizer um outro crítico.

“Se vier um cão ou gato depois, é outra forma de dar e receber carinho. O Papa não é um ser amoroso”, escreveu ainda um arquitecto espanhol.

Todas as quartas-feiras, o Papa faz uma Audiência Geral no Vaticano. Esta foi a primeira de 2022 que ficou marcada por estas declarações que muitos consideram “infelizes”.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *