AtualidadePolítica

PAN denuncia descriminação a homossexuais e bissexuais dadores de sangue

- publicidade -

O PAN – Pessoas Animais Natureza denunciou esta terça-feira os «sucessivos relatos de descriminação e exclusão de dadores de sangue pelo simples facto de se declararem homens gays ou bissexuais».

Segundo nota publicada nas redes sociais, o PAN denuncia que «apesar das normas atuais de doação de sangue não fazerem qualquer referência a esta proibição, a verdade é que as denúncias continuam a ser sistemáticas, colocando o ónus na sua orientação sexual e não nos comportamentos de risco que pudessem ou não estar em causa».

O Partido lamenta este posicionamento «numa altura em que foram reforçados os apelos para a doação de sangue em todo o país» e questionou o Ministério da Saúde sobre as normas atualmente em vigor para a doação de sangue, quantas denuncias foram feitas sobre a descriminação «face a um alegado ‘grupo de risco’ com consideração preconceituosa sobre o que é ser-se homem gay ou bissexual».

O PAN quer ainda saber quando vão ser tornadas públicas as conclusões dos trabalhos da Comissão de Acompanhamento do estudo «Comportamentos de risco com impacte na Segurança do Sangue e na Gestão de Dadores: Critérios de Inclusão e Exclusão de Dadores por Comportamento Sexual».

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui