Depois da perda de uva devido às elevadas temperaturas que se fizeram sentir em todo o território no inicio do mês de agosto, os produtores temem que o vinho aumente no preço por litro.

A preocupação impera em todos os produtores de vinhos da região da Península de Setúbal, pois o aumento do vinho por litro poderá ser uma realidade já no inicio do próximo ano e tudo por causa das elevadas temperaturas que assolaram o país no inicio de agosto. Em conversa com o novo presidente da Adega Cooperativa de Palmela, Ângelo Machado, o responsável por aquela adega refere estar preocupado com os próximos tempos que estão para vir.

Ângelo Machado explicou aos jornalista que a produção de uva foi afetada em grande escala e a casta de moscatel a perda situa-se entre os 30 a 40 por cento, o que equivale a menos de um milhão de quilos de uva. Já nas outras casta a perda situa-se entre os 50 e os 90 por cento, segundo fonte do Instituto da Vinha e do Vinho, o que faz com que o preço do vinho possa vir a ter alterações nos próximos meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here