PalmelaSetúbal

Palmela | Unidade de Saúde de Brejos do Assa depende de um contrato para reabrir

- publicidade -

A Câmara Municipal de Palmela, na reunião descentralizada de dia 21 de setembro, em Algeruz, aprovou, por unanimidade, uma moção que reclama a “urgente reabertura da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) de Brejos do Assa”.

A autarquia relembra que “as instalações onde funcionava a UCSP estão encerradas há mais de um ano, na sequência da aquisição do complexo de edifícios por um particular” que está, no entanto, “disponível para arrendar”.

A formalização deste processo está dependente “da celebração de um contrato de arrendamento pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT)/Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) da Arrábida” e também da “integração no mapa do Auto de Transferência de Competências da área da Saúde para o Município”.

Para além disto, a câmara exige ainda que “a UCSP seja dotada do pessoal (médico, enfermagem, assistente técnico e assistente operacional) necessário ao seu pleno funcionamento”.

Na moção, pode ler-se que “se há muitas localidades, em todo o país, que desesperam pela construção de um equipamento que garanta o acesso a cuidados de saúde de proximidade, a população de Brejos do Assa/Algeruz debate-se com o problema inverso”, cuja existência das “instalações onde funcionava a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP), construídas pelo povo, no pós-25 de Abril” podem reabrir, dependendo da assinatura do mencionado contrato.

“De acordo com dados oficiais do ACES, a UCSP de Brejos do Assa servia uma população de 947 utentes, todas/os sem médico de família, já à época com enormes debilidades. Desde o encerramento da Unidade, as/os utentes foram encaminhados para a UCSP de Águas de Moura, a mais de 15 quilómetros de distância”, sublinha a moção aprovada pelo executivo.

O documento será endereçado ao Presidente da República, ao governo e responsáveis da administração central, autarquias locais, bem como entidades e associações envolvidas em todo o processo, e demais interessados.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *