Uncategorized

Os conselhos da DGS para um Natal seguro

Imagem: CNN

Num comunicado enviado às redações e veiculado pela Agência Lusa, a Direção Geral da Saúde (DGS) apela a que, neste Natal, todos “festejem em segurança e com responsabilidade, adotando as medidas de proteção que, em conjunto, fazem parte da barreira de proteção contra o vírus”.

A DGS relembra que “o momento das festividades de Natal e de fim de ano é, tradicionalmente, marcado pelo convívio com a família e com os amigos, favorecendo a aglomeração de pessoas, com maior proximidade e contacto físico”.


O mesmo organismo reforça o incentivo à vacinação, já que “a evidência científica demonstrou que a vacina é a medida mais eficaz para reduzir as complicações associadas à infeção por SARS-CoV-2”.

A DGS aconselha ainda para que as festas sejam “realizadas com grupos mais pequenos, idealmente pertencentes à mesma bolha familiar/social” e que devem ser escolhidos “espaços amplos” e “ventilados”.

“A partilha de momentos em que se consomem alimentos e bebidas pode ser feita com o devido distanciamento entre os convidados, aplicando medidas simples, como a utilização de mais do que uma mesa, sempre que possível” pode ler-se no comunicado.

A máscara “deve ser mantida” quando não se estiver a consumir alimentos ou bebidas, principalmente “na presença de pessoas mais vulneráveis, que devem ser ainda mais protegidas”.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.