Ordem dos Médicos vai apresentar queixa sobre urgências pediátricas do HGO

A Ordem dos Médicos vai apresentar uma queixa à Inspeção-geral das Atividades em Saúde (IGAS) sobre a situação da urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, solicitando que se investigue a composição das equipas daquele serviço.

0
237
Tempo de Leitura: 1 minuto

A Ordem dos Médicos vai apresentar uma queixa à Inspeção-geral das Atividades em Saúde (IGAS) sobre a situação da urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, solicitando que se investigue a composição das equipas daquele serviço.

Em entrevista à agência Lusa, o bastonário insiste que os médicos do Garcia de Orta, em Almada, «estão desesperados» com a falta de profissionais, situação que está a fazer com que não seja possível cobrir as necessidades da urgência pediátrica.

Já há dois meses que o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, tem alertado para a falta de condições de segurança clínica adequadas naquela urgência e lembra que «está em causa a saúde das crianças e a composição do serviço de urgência, tal como estabelece a lei».

Segundo o bastonário «não existem médicos para cobrir as necessidades do serviço de urgência. E o presidente do conselho de administração diz publicamente coisas que não são verdade».

A queixa à Inspeção-geral das Atividades em Saúde (IGAS) visa, segundo o bastonário, que se «investigue o que está a acontecer na urgência pediátrica do Garcia de Orta. Se devem estar três médicos de urgência e só está um médico, tem de se perceber porquê. E o conselho de administração tem de ser responsabilizado diretamente por isso».

Apesar de considerar que a Inspeção tem tido uma atitude «que deixa muito a desejar» quando o Estado está envolvido, Miguel Guimarães diz esperar que «faça alguma coisa» em relação à urgência pediátrica do Garcia de Orta.

Sobre as equipas que devem estar devidamente constituídas nas urgências, o bastonário anuncia que já pediu aos colégios das várias especialidades para redefinirem essas equipas tipo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome