Parceiros
Opinião

OPINIÃO – Avante! a desordem

- publicidade -

Esta semana, um artigo de opinião de Marlene Pires Abrantes, presidente da Comissão Política Concelhia do Seixal do CDS-PP.

Quero deixar uma nota prévia: O CDS-PP Seixal não é anti- festa do Avante, é pura e simplesmente a favor da ordem e da proteção da qualidade de vida dos Seixalenses no geral e neste caso, dos Amorenses em particular, mas também da justiça fiscal, uma vez que desejaríamos que pagasse o IVA como qualquer outro festival de música. Apesar disto, revejo-lhe um ponto positivo: beneficia tanto o comércio local (se não houver futos) e o Lidl, nada mais nada menos que o grande capital estrangeiro que investiu no nosso país, curiosamente de origem alemã (lembrem-se disso quando criticarem os alemães!), que está mesmo ali ao lado!

Mas onde eu quero chegar é ao ruído até às tantas e ao estacionamento abusivo que incomodam os moradores vizinhos do Avante, acampamento desmedido, mas também as questões da segurança, discriminação e liberdade sobretudo dentro do recinto.

Comecemos pelo ruído, que se ouve noutras freguesias por força do vento, e que prolonga pela noite fora e que é um incómodo principalmente para os Amorenses, Os munícipes que precisam de descansar, os que trabalham aos fins-de-semana, os que têm bebés em casa, os que têm idosos em casa. Com isto já há quem se sinta na “obrigação” de tirar férias nesta altura. A nossa sugestão passaria pela fiscalização da Câmara do Seixal, deixando assim de ser sectária, e consideramos que seria importante que a organização sensibilizasse os utilizadores para essa problemática. Até porque a exposição a níveis de ruído elevados poderá dar origem perda de produtividade no trabalho, doenças cardiovasculares, entre outras coisas, e é sabido que a Agência Portuguesa do Ambiente está a analisar a aplicação de multas para o incumprimento da lei do ruído, obrigado as cidades a fazer planos para a sua redução. Veremos se irá funcionar de futuro.

O estacionamento abusivo também é um drama para os moradores dos prédios circundantes. Ainda pensei que quando o PCP adquiriu a quinta junto da Quinta da Atalaia, criavam ali um parque de estacionamento e esse problema ficaria resolvido. Afinal, enganei-me. Continua tudo na mesma. É preciso salvaguardar o direito de estacionamento dos munícipes, e lá está, sensibilizar os utilizadores das festas para esse facto. Há pessoas que admitem que nesses 3 dias da festa, não saem com o carro. Outro problema prende-se com os acampamentos desmedidos, uma questão já era hora de estar devidamente solucionada!

Por descriminação entendo o que se passou com um participante homossexual, que em 2015, na festa do Avante e que foi agredido por beijar outro homem. É lamentável que mais uma vez o PCP defenda uma coisa nos jornais, como os direitos LGBT (que contribuíram para fazer esquecer o assunto, até porque o incidente não foi numa festa de direita) e dentro de portas atue de forma diferente, agressiva e discriminatória. Mas este não foi o único caso de agressão, de acordo com o Expresso foram feitas no total 6 queixas de agressão em 2015. Este ano ficou marcado pela morte súbita de um voluntário, que o CDS-PP Seixal lamenta desde já. No âmbito da segurança, temos de referir e lamentar o convite do PCP às FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), que têm marcado presença neste evento regularmente, e para quem não sabe são responsáveis por assassinatos, sequestros e tráfico de droga na Colômbia.

Por fim, e não menos importante, o boicote que o PCP fez à presença do livro do Luaty Beirão, com a justificação que “incomodaria os camaradas do MPLA”. Faz lembrar a inquisição e os livros permitidos e proibidos, e mais recentemente o Estado Novo e o famoso lápis azul. Parece que para a foice e o martelo, ler o livro do Luaty Beirão é uma verdadeira heresia! Aqui tudo é permitido, desde que passe pelo crivo do PCP.


SONDAGEM: Qual o seu sentido de voto nas próximas eleições legislativas a realizar no dia 30 de janeiro.
Carregue neste link para votar e partilhe
https://t.me/diariodistrito/1253

Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva no canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que fazemos no seu distrito


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *