AtualidadeCrimeJustiçaMontijo

Oito anos de prisão para homem que abusou de menina no Montijo

- publicidade -

O homem que em Agosto de 2020 abusou de uma menina de 7 anos de idade no Montijo, foi condenado a oito anos e seis meses de prisão, pelo Juízo Central Criminal de Almada, pela prática de um crime de violação agravada e de dois crimes de abuso sexual de crianças.

O arguido foi ainda condenado no pagamento à ofendida de 20 mil euros a título de reparação pelos prejuízos sofridos, tendo o tribunal ordenado, igualmente, a recolha de amostras para inserção na base de dados de perfis de ADN.

A menina vive com a mãe no Montijo e o arguido estabeleceu com estas uma relação de proximidade e confiança, frequentando a casa onde viviam.

O tribunal deu como provado que, no dia 24 de agosto de 2020, o arguido, aproveitando o facto de estar sozinho com a criança, então com 7 anos de idade, manteve com esta relações sexuais, só parando porque se aproximou uma vizinha e ficou ainda provado que o arguido já tinha abusado sexualmente da menor noutras duas ocasiões.

Presentemente, o arguido encontra-se em prisão preventiva, tendo o coletivo determinado que aguarde os ulteriores termos do processo sujeito a essa mesma medida de coação.

A investigação foi dirigida pelo DIAP da Procuradoria da República da Comarca de Lisboa, Secção do Montijo, com a coadjuvação da Polícia Judiciária de Setúbal.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui