Parceiros
AtualidadeCrimeInsólito

Nos carrinhos de choque vale tudo

No espaço de 10 dias, houve três vítimas de esfaqueamentos e uma vítima por alvejamento pelo “direito” à sua vez nos carrinhos de choque na Feira Popular da Costa da Caparica.

De acordo com a Agência Lusa, dois grupos rivais naturais de Almada e da Trafaria entraram em guerra aberta quando no passado dia 21 de julho, na Feira Popular da Costa da Caparica, se meteu em causa o “direito” de cada um dos grupos participar na diversão montada na respetiva festa.


Os ânimos exaltaram-se e um dos membros de um dos grupos terá disparado para um dos rivais, tendo-o alvejado na perna e sobre um carro ainda em andamento onde seguiam outros membros desse mesmo grupo rival.

O suspeito que terá disparado sobre o rival e a viatura do grupo rival, com cerca de 20 anos, foi detido pela Guarda Nacional Republicana (GNR) durante a manhã de segunda-feira, mas terá saído em liberdade e pelas 18 horas do mesmo dia, ao se cruzar com outros membros do grupo rival e atacou-os com duas facas.

Os membros do grupo rival também se encontravam armados e também atingiram o suspeito, acabando com os três a serem transportados em estado grave para o Hospital Garcia de Orta.

Este caso encontra-se agora a ser seguido pela Polícia Judiciária.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.