Parceiros
Atualidade

NATO exige à Rússia fim do discurso “irresponsável e perigoso” sobre uso de armas nucleares

- publicidade -

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, exigiu esta quarta-feira ao Kremlin que “pare com a retórica irresponsável e perigosa sobre armamento nuclear”.


Esta foi uma resposta direta a Moscovo, que admitiu ontem o uso de armas nucleares caso a existência da Rússia esteja em risco. Moscovo “deve entender que nunca poderá ganhar uma guerra nuclear”, ameaçou Jens Stoltenberg.


“Não haja qualquer dúvida da nossa prontidão em proteger e defender os aliados contra qualquer ameaça”, referiu o responsável.


O secretário-geral da Nato espera que “os líderes concordem em fortalecer a postura da NATO em todos os domínios”, assim como reforçar “o equipamento para ajudar a Ucrânia a proteger-se contra ameaças químicas, biológicas, radiológicas e nucleares.”


Jens Stoltenberg advertiu que a utilização de armas químicas pela Rússia — um cenário que os Estados Unidos têm vindo a alertar que é cada vez mais plausível — constituiria “uma violação flagrante da lei internacional”, “alteraria completamente a natureza do conflito” e teria “consequências de grande alcance”.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário