DesportoDistrito SetúbalSeixal

Nasceu um Geny(o) na Medideira

publicidade

O Amora FC recebeu a equipa açoriana do Sporting Ideal com várias mudanças no 11, inclusive com juniores, já a pensar na próxima temporada. Os golos amorenses foram marcados na primeira parte, por Joca de grande penalidade e aos 44′ por Geny, junior do Amora com grande futuro, num excelente remate de fora da área. Nos últimos minutos a equipa do Sporting Ideal acreditou e acabou por conseguiu reduzir.

Boa primeira parte do Amora, que entrou a pressionar muito alto a equipa do Sporting Ideal, e com várias alterações no 11. Aos 16′ Jussane esteve perto de marcar após a marcação de um canto e uns minutos depois foi a vez de Joca quase inaugurar o marcador, após remate acrobático. O golo viria a acontecer aos 29′, após falta sobre o número 7 amorense na grande área, o próprio encarregou-se de bater a grande penalidade com sucesso.

Aos 44′ o momento do jogo! Geny, junior do Amora, sem medo de errar e com muito futebol nos pés, pegou na bola perto da grande área, olhou para o adversário, puxou para o lado e rematou sem hipóteses para Imerson Soares.

Na segunda parte o jogo foi mais calmo, com o Amora a gerir a vantagem, com algumas oportunidades para dilatar a vantagem, mas seria Rui Nibra a sofrer um golo, aos 90′ por Paulo César.

Amora FC 2 – 1 SC Ideal
Campeonato de Portugal Série D 18/19 – Jornada 32
Estádio da Medideira, Amora

Amora FC: Rui Nibra, Diogo Rodrigues, Chico Gomes, Tiago Duque, Rodrigo Monteiro, Geny, Johnson Juah, Chris Nduwarugira, Jussane, Joca, Luís Elói
Treinador: Pedro Russiano

SC Ideal: Imerson Soares, Kiko Miranda, Igor Cartaxo, Josemar Monteiro, Chileno, Dani Sousa, Rafa Benevides, Artur Santos, João Ventura, Hugo Santos, Valtinha
Treinador: André Branquinho

Intervalo: 2-0

Marcadores: 1-0 Joca 29′ (gp); 2-0 Geny 44′; 2-1 Paulo César 90′

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui