Crime

Mulher de 41 anos agredida com machado por ex-companheiro, de 25 anos, à frente do filho com deficiência

Susana Sousa, de 41 anos, foi agredida com recurso a um machado pelo pelo ex-companheiro, Igor Nave,de 25 anos, na madrugada de ontem.

O crime foi perpetuado na casa da vítima, depois do ex-namorado a ter invadido, no bairro das Nogueiras, na vila de Teixoso, no concelho da Covilhã.

Depois de agredir violentamente a mulher e de a deixar à beira da morte junto do filho, de 17 anos, com problemas cognitivos, o agressor fugiu no carro da vítima depois de ter cometido o crime.

Susana foi submetida a uma intervenção cirúrgica esta noite e  luta pela vida no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

“A criança presenciou esta brutalidade e precisa de apoio psicológico imediato. Esta situação é tão triste e preocupante: as mulheres e crianças continuam a ser um alvo a abater em 2022 e não vejo nenhuma medida, que as proteja destes agressores e potenciais assassinos, a ser efetivamente tomada”, contou uma amiga em declarações ao Nascer do SOL.

Segundo o Código Penal, a moldura penal prevista para o crime de homicídio tentado pode ir de 3 anos, 1 mês e 18 dias a 22 anos, 2 meses e 20 dias de prisão.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *