Setúbal

Movimento SOS Sado convoca protesto frente à Câmara de Setúbal

- publicidade -

O Movimento SOS Sado está a convocar a população setubalense para se manifestar frente à Câmara Municipal de Setúbal esta quarta-feira, dia em que tem lugar a reunião camarária quinzenal a partir das 16h00.

«Apelamos à participação da população, dentro e fora da sala de Assembleia, para lembrar aos governantes desta cidade o total repúdio pelo projecto que visa a destruição das valências naturais do nosso Rio» alerta o Movimento na sua página do Facebook.

«Apenas há dias atrás a Câmara Municipal de Setúbal participou, juntamente com mais 17 municípios, na assinatura do Plano Metropolitano de Adaptação às Alterações Climáticas no qual foram definidas medidas de minimização dos riscos climáticos para a Área Metropolitana de Lisboa.

O projecto de Melhoria das Acessibilidades Marítimas ao Porto de Setúbal, vulgo Dragagens do Sado, em tudo contraria as boas práticas de adaptação e minimização dos riscos. É por isto urgente que se exija aos decisores políticos a necessária concordância entre os nomes sonantes que valem milhões e a gestão prática e efectiva dos territórios, quando se colocam em risco vidas e sectores económicos das cidades.

É urgente que se faça sentir nos locais de decisão política o nosso descontentamento e capacidade crítica. É urgente que sintam o escrutínio de quem os elege na exigência de processos transparentes e que sirvam de facto as populações: valorizando o bem público que a todos pertence.»

Hoje ficou também a conhecer-se a decisão do Supremo Tribunal Administrativo, que revogou as providências cautelares apresentadas pelo Clube da Arrábida, dando assim ‘luz verde’ para o início das dragagens previstas para esta quarta-feira.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo