Cultura

Morreu o realizador António da Cunha Telles

O produtor e realizador António da Cunha Telles morreu esta quarta-feira. Tinha 87 anos e era um dos nomes indissociáveis do Cinema Novo português nos anos 1960.

Segundo a produtora Pandora da Cunha Telles, António da Cunha Telles morreu no Hospital Cuf Tejo, em Lisboa, e o funeral irá realizar-se no próximo sábado (26) na capital.

Conhecido por ter realizado “O Cerco”, em 1970, a ligação de Cunha Telles ao cinema remonta ao início da década de 1960, com a produção de filmes fundadores do Cinema Novo português, como “Os verdes anos” (1963), de Paulo Rocha, e “Belarmino” (1964), de Fernando Lopes.

António Cohen da Cunha Telles nasceu no Funchal a 26 de Fevereiro de 1935.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *